Por que Tão Sérios?


Cristiane Luz

Acha que quando me olho no espelho pela manhã não tenho medo? Tenho sim!

O que fizeram com a gente? Na nossa juventude éramos tão confiantes, brincávamos e tudo dava certo no final. Ser desaforada era colocar a língua para os adultos. O engraçado era apenas sermos repreendidos e depois todos cairmos na gargalhada. Por que agora estamos engessados e não conseguimos desapegar das coisas mesquinhas?

“Por que tão sérios?” – canto me olhando no espelho ouvindo Alice Merton.

Pratique o desapego, o tempo passa e às vezes os momentos mais importantes não voltam mais. Então não deixe a oportunidade passar. Será raro voltar. Mas, se voltar, agarre-a!

“Oh, por que tão sérios? Quando ficamos assim? Oh, parece que perdemos aquela faísca interna”- continua a Alice no rádio do meu celular.

Então olho para as pessoas e vejo que somos todos iguais. Mas como algumas são tão iluminadas e quando elas cruzam nosso caminho, devemos agradecer e aproveitar os momentos sem nenhum tipo de constrangimento, sem timidez.

“Não quero me preocupar com “e se”, afinal, e se as coisas não durarem? E quero viver sem arrependimentos... “- de novo a Alice cantarolando.

Eu digo que, quando estas pessoas iluminadas chegam até nós, o importante é aprender seus ensinamentos. Assimilar palavra por palavra, gesto por gesto e, agradecer.

“Nós nos esquecemos de viver sem arrependimentos.”

Pergunto: Por que tão sérios?




Referência:
Inspirada na música Why So Serious, cantora Alice Merton, 2018.

voltar

Cristiane Luz

E-mail: crisluz1311@gmail.com

Clique aqui para seguir esta escritora


Pageviews desde agosto de 2020: 23304

Site desenvolvido pela Editora Metamorfose