Quebrando Tabus- Câncer de Mama


Cristiane Luz

“- Prometi à minha esposa que a amaria em todos os momentos difíceis, enfim, em qualquer situação- Marcos Schmidt”.
“- É nesse momento que a gente fica mais próximo de Deus! A gente fica encabulada até em dizer isso, porque deveríamos estar próximos sempre Dele - Cristina.”
Começo a minha crônica com as frases dos meus dois amigos, que não se conhecem, mas tem algo em comum. A Cristina teve recentemente uma árdua luta contra o câncer de mama, e a esposa do Marcos mantém bravamente essa batalha.
O câncer de mama é o tumor maligno que mais mata mulheres em todo o mundo. Não é à toa que se destaca o mês de Outubro Rosa para a conscientização da doença e, principalmente, a sua prevenção.
Segundo o Marcos, no estágio inicial da doença da esposa, por não terem conhecimento no assunto, ambos sofreram muito com mitos e tabus, mas, aos poucos, foram pesquisando com o auxílio de amigos e, juntos, vão vencendo um dia de cada vez.
Já para a Cristina, um pouco mais recente como mencionei, percebeu o nódulo na mama ao se autoexaminar, então buscou um médico especialista no assunto e assistiu vídeos na internet de mulheres que passaram pela doença e venceram. Segundo ela, já estava preparada quando os médicos lhe passaram as orientações sobre a quimioterapia.
Então, durante a sua luta, com fé em Deus e coragem, a Cristina conheceu o Centro de Convivência da Santa Casa. Um espaço abençoado para as mulheres em tratamento. Um centro acolhedor, composto de voluntárias, que disponibilizam seu tempo em prol do seu semelhante sem pedir nada em troca. Possui salão para o corte de cabelo, perucas que são doadas para a utilização por três meses e doação de lenços para quem passa pela quimioterapia. Possui cozinha completa com mesas para as refeições, salas com camas e poltronas para os mais debilitados descansarem, enquanto aguardam consultas ou retorno para suas casas. O espaço possui também um lugar com computadores para pacientes e acompanhantes usufruírem enquanto aguardam. Ela comentou que até hoje possui laços indestrutíveis com esses seres humanos incríveis que mais parecem anjos.
As voluntárias do Centro de Conveniência da Santa Casa renderão uma próxima crônica, com certeza.
O que posso concluir nessa experiência sobre os meus amigos é que, mesmo em dias difíceis, devemos levantar a cabeça sabendo que Deus só nos dá a luta que possamos suportar.
Um dia de cada vez, sempre auxiliando ao próximo, sem julgamentos, com fé, esperança, amizade e amor, na batalha que cada um de nós enfrenta todos os dias ao acordar e levantar da cama.

voltar

Cristiane Luz

E-mail: crisluz1311@gmail.com

Clique aqui para seguir esta escritora


Pageviews desde agosto de 2020: 4649

Site desenvolvido pela Editora Metamorfose